MãesOnline

MãesOnline

anuncio

terça-feira, 17 de maio de 2011

Mães Online Entrevista - Vanessa Lopes Schwambach

Gurias hoje o nosso Mães Online Entrevsita vai ser com a Vanessa Lopes Schwambach, 30 anos, mãe de Martina, 8 meses e de um novo baby que está `a caminho.
A Vanessa é uma amiga muito querida e juntas já compartilhamos bons e bons momentos, já que por um período fomos "cunhadinhas"uma da outra. 
Mas o tempo passou, o vínculo familiar já não existe mais, mas o afetivo e a amizade se matém firme e forte e é com prazer que hoje tenho ela participando aqui da nossa sessão.

Vanessa & Martina


Como foi quando você descobriu que estava grávida? Quando ficastes sabendo?
Bom, já estávamos querendo engravidar então decidimos que o ultimo Natal e Ano Novo ainda sem filhos iríamos viajar só nos dois, eu e meu marido. Queríamos beber muitos vinhos, ficar sem hora para nada, curtir a viagem sem compromisso com nada nem com ninguém.
Já no avião, quando estávamos indo me senti um pouco enjoada e achei que já estava começando a exagerar no vinho, rsrsrs
Brinquei com meu marido: " será que estou grávida?"
Imagina!!!!! Que loucura!!! Não tinha nem idéia se estava com a menstruação atrasada ou não. Mas tinha a certeza que ficaria menstruada, senão na viagem, nos dias seguintes. Já estava sentindo muitas cólicas, iguais as de menstruação.
Bom, bebemos muitos vinhos, fumei alguns cigarrinhos, caminhei muito e sempre na expectativa de que no outro dia acordaria com certeza menstruada porque as cólicas persistiam.
Em um domingo de quase zero graus decidimos comprar mais um cachorro, sim, já havíamos deixado o Ric Bartolomeu (bulldog francês) no Brasil sob os cuidados dos avos! Decididos em ter a Nyc Holiday (também bulldog francês) achamos que seria interessante fazer um teste de gravidez antes. Imagina: grávida e com 2 cachorros, sendo um deles filhote (quem tem cachorro sabe como são os primeiros meses do filhotinho em casa!).
Fizemos 3 testes e não acreditávamos no resultado: pregnant!!!!!
Não acreditávamos porque para nos era a coisa mais impossível de acontecer naquele momento, mesmo sabendo que podia acontecer!
Primeiro que tive ovário policistico durante a adolescência, o que poderia voltar a acontecer porque pararia o anticoncepcional para tentar engravidar. Segundo que, por conta do ovário policistico, tomei anticoncepcional por muitos e muitos anos (alias, esse é o tratamento para o ovário policistico). Quando decidimos parar o anticoncepcional, combinamos com minha Ginecologista que seria bem antes de quando gostaríamos de engravidar, justo para poder tratar qualquer complicação que pudesse acontecer, poder tomar o acido fólico e ter tempo para que acontecesse, sem a pressão de querer o filho para já!
Por isso que ficamos tão surpresos, imaginávamos engravidar perto de maio de 2010 e descobri que estava grávida um mês e meio depois de parar o anticoncepcional, dezembro de 2009.
Mesmo alguns meses antes, ficamos muito felizes com a surpresa!

Você já estava tentando à quanto tempo?
Acho q respondi acima, ne?

Como foram os primeiros meses pra você? Tinha muitos enjôos? Medos?
Os primeiros meses foram bem tranqüilos. Minha medica recomendou que eu ficasse, sempre que pudesse, de pernas para o ar! E foi isso que eu fiz: dormi muito ( o que eu recomendo para todas as grávidas), não fiz exercícios e me alimentei muito bem, incluindo tudo q eu tinha vontade de comer!
Eu tinha um pouco de azia e muito pouco enjôo, preferia pensar que estava grávida e que isso que eu sentia era coisa mais normal. Logo, logo todo o desconforto passava!
Medos? Hoje com a minha filha com 8 para 9 meses, não consigo me lembrar muito bem dos medos que sentia na época. Lembro que tinha um frio na barriga porque pensava que era uma situação, uma responsabilidade para o resto da vida e que não teria mais volta. Por mais que fosse uma gravidez desejada, tinha muito esse sentimento, e esse frio na barriga.

Quando você descobriu o sexo do bebe?
Junto com os primeiros exames de sangue optei por fazer o exame de sexagem fetal. Com 8 semanas de gestação você pode saber com mais ou menos 90% de precisão (acho q é essa porcentagem) o sexo do bebe. O meu resultado foi: " negativo para cromossomo Y " !!!! Lembram das aulas de biologia?

Você teve algum cuidado especial?
Nada! Só não fiz ginástica nos primeiros 3 meses. Ah! Nada de fumar, nada de refrigerantes (isso por opção minha, porque já queria parar), e beber só uma ou duas tacinhas de vinho.

E pra se vestir? Alguma dica que funcionou muito bem contigo?
Minha barriga demorou muito para crescer. Foi aparecer lá pelo sexto mês, aproveitei para usar muito vestidinho justo, queria exibir minha pancinha!!!!
Eu, particularmente, não gostava muito das roupas das lojas de grávida. Comprei roupas nas lojas que costumava me vestir, uso a maioria hoje em dia.
Agora, calcas de grávida não adianta, tem que ser em lojas especializadas.
Se alguém for fazer o enxoval no exterior, vale a pena comprar jeans lá. Lá tem marcas como seven, citizen e varias outras que vestem muito bem!

Você fez alguma atividade durante a gravidez?
Depois que passaram os 3 primeiros meses, fiz Pilates e RPG. Foi maravilhoso e essencial para o meu bem estar. A coluna agradece muito!

E os últimos meses? Como foram?
Os últimos meses foram de muita ansiedade. A barriga pesava muito, a curiosidade para ver a carinha da Martina, o jeito dela.... muitas coisas passavam pela cabeça, parecia um mosaico de TV a cabo! Não tinha mais posição para dormir em função do tamanho da barriga e nem mais tanto sono de tanto imaginar coisas.....
Os últimos meses também parecem demorar mais para passar. Sempre brincava quando me perguntavam como eu estava: " estou sentada esperando pela Martina!"
A sensação é de que o dia não vai chegar nunca, também, quando chegou, pensei: já? Não accredito que já chegou a hora!?!? Rsrsrsrssr

Quando a hora do parto foi se aproximando, o que você sentia? Lembras como foi?
1 semana antes de eu completar 38 semanas fui fazer um ultras som e descobri que estava com pouco liquido amniótico. Tive que ficar em repouso por 5 dias, tomar muita água e repetir o exame. Repeti e tudo continuava igual, minha medica optou por esperar mais 2 dias para completar 38 semanas e fazer mais uma vez o exame. O exame estava marcado para uma segunda-feira. No domingo comecei a sentir umas coisas estranhas na barriga, não sei explicar como era, era estranho para mim aquela sensação. Me sentia um pouco cansada e desconfortável, fui para o hospital e chegando lá descobri que estava com as famosas contrações! Já estava com contrações de 5 em 5 minutos e minha medica e toda a equipe acreditavam que eu estava entrando em trabalho de parto. Como pode demorar muito me deram a opção de voltar para casa e esperar chegar o momento mesmo. Voltei, tive a melhor noite de sono da vida e as contrações foram embora!
Como no outro dia estava com o exame marcado, voltei ao hospital fiz a USG e descobri que alem de o liquido continuar diminuído, a Martina estava com o cordão enrolado na cabeça! Assim, não teria jeito de esperar o parto normal. Já fiquei no hospital, fui para o quarto, tomei um banho, relaxei e fui para a faca!
A cesárea para mim era um bicho de sete cabeças, imaginava que iria doer muito. Achei muito tranqüila, me recuperei muito rápido e quase não senti dor. O que me ajudou muito foi pensar mais uma vez que não estava doente, só tinha tido filho!

Hoje depois de ser mãe, o que esta palavra significa pra ti?
Nunca pensei que fosse possível sentir tanto amor por uma pessoa. É um sentimento que foi crescendo a medida em que eu e a Martina fomos nos conhecendo. Cada chorinho, cada carinha, cada demonstração de afeto, de confiança, de respeito, de cumplicidade.... Eu ainda não consigo dimensionar e talvez descrever com precisão o sentimento de ser mãe. Acho que é uma experiência muito individual e que é preciso vive-la para compreende-la.





4 comentários:

  1. Obrigada Nessa, pela bela entrevista! Bjs

    ResponderExcluir
  2. Camila Michalski Jaeger17 de maio de 2011 20:05

    Uau!!! Nessa mega modelete!!! Linda, linda!!! Parabéns pela linda Martina!
    Bjões

    Ps. Flá, estou adorando o blog, leio sempre, tenho vontade de comentar, mas meu lado mulher-profissinal está berrando por atenção agora!!! hehehh

    ResponderExcluir
  3. Camila querida! que bom que estas gostando! saber que les e gostas jah me deixa muito feliz! Obrigadao!!! E vai dar atencao pra mulher-profi agora...temos tempo pra tudo!!!! Bjaoooooo

    ResponderExcluir
  4. Vanessa Lopes Schwambach18 de maio de 2011 11:29

    Valeu Camila! Bom que por aqui a gente se encontra!
    Mas tenho que dar créditos para a fotógrafa tb!!!! Minha colega de mestrado, Ana Luisa Suzigan fez várias fotos minhas grávida para guardar de recordação! Fica a sugestão para as barrigudas: tirem fotos pq depois dá uma saudadinha da barriga!
    Bjs

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...