MãesOnline

MãesOnline

anuncio

sexta-feira, 29 de abril de 2011

Jeans para Grávidas

Gurias, que o jeans é uma paixão de todas mulheres nós ja sabemos faz tempo. Umas podem gostar mais do que outras mas, todo mundo tem seu jeans de estimação, àquele que não tem tempo ruim, que salva a gente naqueles dias de branco total de idéias ou de TPM fortíssima.
Mas como fazer agora na gravidez? Temos que dar adeus para eles?
Nem pensar!
Como já falamos, mudou muito a moda para as grávidas nos últimos anos e hoje muitas lojas fazem jeans especiais para as grávidas, com elástico e faixa na barriga para não apertar a mamãe, e deixá-la bonita e super confortável.
Desta forma a mulher pode se manter charmosa, estilosa, com roupas adequadas à gravidez, sem ficar apertada ou prejudicando sua barriga ao longo dos 9 meses.
Possivelmente no início da gravidez tu ainda conseguirás usar alguns dos seus jeans, e vai dar para aproveita-lo com um "botazinho aberto" por algum tempo mas, depois que a barriga começa a crescer, é praticamente impossível de entrar na mesma calça, e é ai que entra nossa dica de hoje.
Pesquisei algumas lojas que vendem calças jeans para grávidas (muitas lojas já tem seu espaço "maternity") e fiz um apanhado que espero que vocês gostem.
Zazou
Aqui no Rio tem a loja Zazou, que é especilizada em moda gestante . Nao tem os $$ no site, mas vou me informar aqui na loja e posto pra voces depois! Tu encontras essa loja também em São Paulo e ao longo do Brasil em lojas representantes da marca, como a Brunnen- Mamãe e Bebê de Porto Alegre (quer mais informações,clique aqui!). Aqui no Rio um monte de "celebridades" usa essa marca, e peguei alguns dos modelos para voces:
Sei que no Brasil têm várias lojas com espaço maternidade, mas tive dificuldade para encontrar fotos para postar aqui (mas não vou desistir...prometo que vou encontrar e depois mostro aqui). A Zara tem jeans muito bonitos e sei que a Renner também está com um espaço amplo e diversificado. Vale a pena dar uma conferida!
Agora quem está de viagem marcada pro exterior, ou quer fazer sua compra online, vai encontrar com muita facilidade modelos e mais modelos de suas marcas favoritas.
Hoje a maior parte das lojas estão com vendas internacionais e tu consegues fazer a compra com o cartão de crédito.
Mas vamos às lojas! Listei algumas que conheço e gosto e outras que sei que são bastante conhecidas por lá!
Old Navy
Para quem quer comprar e gastar pouquinho, tem a Gap Maternity (que tem não só jeans, mas também roupas lindissimas), a Old Navy (linha mais econômica da Gap) e a loja Motherhood maternity.
As calças da Gap estão em torno de US$80 , mas sempre vais encontrar alguma em promoção por um $ bem menor. As da Old Navy em torno de US$35, mas não esqueçam que vai ter o frete internacional que vai aumentar um pouco o valor de sua compra. As calças da Motherhood variam entre US$39 e US$50 e o frete fica em torno de uns R$80 (apesar de o frete ser um pouco mais caro, ainda sim, vale a pena, pois as vezes as calças aqui no Brasil são bem mais caras).
7 for all mankind
Ainda no exterior temos a loja Sierra Lane - Maternity clothes com calças por mais ou menos US$158. As calças da 7 for all mankind também tem a opção para futuras mamães e custam US$ 185. Agora se tu queres uma loja onde encontraras varias marcas de jeans (inclusive a 7 ) procures pela a pea in the pod. Lá encontraras desde Citizens of humanity, Joe´s jeans, J brand, lucky à calças da própria pea in the pod mais baratinhas. As calças custam cerca de US$185 (mais um frete de mais ou menos R$130) mas também tem promoções por US$90.
A pea in the pod
Bom gurias! Espero que tenham gostado e     que vocês encontrem as calças que as deixem ainda mais lindas neste momento da gravidez! Ah, e se souberem de outras lojas, contem pra gente! Prometo que vou sempre postar as que me chamarem a atenção ok!












Gap Maternity


Motherhood Maternity

quinta-feira, 28 de abril de 2011

Mil acessos!

Gurias, o Blog mal iniciou as suas atividades e nem completou seus 2 mesinhos de vida e já conta com mais de mil acessos desde sua inauguração em 14 de Março de 2011.
Quero agradecer a todos que passam pelo Mães Online e torcer pra que este projeto vá crescendo sempre com muita saúde, pois carinho em suas postagens é o que não falta!



E que as mães online se identifiquem com este espaço, e sintam-se sempre livres e convidadas a participar com idéias e sugestões!
Beijos,
Flávia

O primeiro trimestre - para a mamãe!

 

Bom gurias, como já falamos anteriormente o ideal é que a mulher possa se preparar para a gravidez antes mesmo que ela aconteça, adotando hábitos saudáveis e uma dose de cuidados especiais para passar pelo "temido" primeiro trimenste de gestação de uma forma mais tranqüila e segura.
Como as mudanças se dão principalmente em um nível interno, muitas mulheres só descobrem sua gravidez algumas semanas depois, por isso que as mudanças de comportameto já devem ter sido iniciadas. 
De qualquer maneira, se você se descobriu grávida e não estava tomando nenhum cuidado anteriormente, agora é o momento de se cuidar e prestar maior atenção em seus hábitos e custumes. 


Mas, quais são estes cuidados?

 *Suspenda o uso de analgésicos e antitérmicos. Nunca tome nenhum medicamento sem o conhecimento e a orientação do obstetra que acompanha sua gravidez.
Mantenha uma alimentação equilibrada e controlada durante toda a gravidez, de preferência com um nutricionista especializado na orientação de gestantes. O controle dos alimentos é importante, pois previne o aumento exagerado de peso que pode levar a algumas complicações para a gestante e para o bebê;
* Diante do menor atraso menstrual, asmáticas, diabéticas, hipertensas e portadoras de problemas vasculares precisam substituir ou regular as doses dos medicamentos que usam no controle dessas doenças;
Evite a exposição desnecessária a raio X;
*Cremes dermatológicos que contenham ácido retinóico na fórmula não podem ser empregados, pois causam malformações. Por isso, quem está fazendo tratamento dermatológico com medicações deve ter muito cuidado. Há alguns tratamentos cuja indicação é que se espere pelo menos 6 meses após o termino para que a mulher tente engravidar.
Dose os exercícios físicos de acordo com seus hábitos, normalmente diminuindo a intensidade;

Previna-se contra a toxoplasmose. Não coma carnes cruas ou malpassadas e lave muito bem frutas e verduras.
* Durante todo o período da gestação deve ser evitado o uso de fumo, drogas ilícitas e bebidas alcoólicas. Evite também os refrigerantes e carnes cruas, que podem provocar infestações de parasitas ou infecções intestinais.
*A atividade sexual pode ser mantida, desde que não provoque desconforto, dor ou sangramento;
*As roupas e sapatos devem sempre priorizar o conforto da mamãe, sem apertar a barriga;
• As tinturas devem ser evitadas, com exceção dos produtos a base de henna ou os xampus tonalizantes.
• Exponha-se ao sol com muita cautela, principalmente no período entre as 10 e 16 horas. Use sempre protetor solar .  O sol pode causar manchas na pele da futura mamae.
• Suas atividades normais podem ser mantidas, desde que não envolvam riscos para a gestação ou para o bebê, como, por exemplo, trabalhar em ambientes com excesso de fumo, ou com risco de contaminação por metais pesados, venenos, ou ainda com exposição aos raios X.

Gurias, todos estes cuidados visam proteger não apenas a saúde da mamãe, mas também o bebê que passa por intensas transformações neste período inicial da gestação. Poder se cuidar, é um jeito de minimizar as chances de problemas e doenças. 

A gravidez é resultado do amor do casal, e deve ser levada com o mesmo amor e carinho que a produziu. Na verdade o amor da mãe já pode ser visto nestes momentos iniciais, pois cuidar de si já passa a ser ,cuidar do bebê.




Foto retirada do google search 







quarta-feira, 27 de abril de 2011

O primeiro trimestre - para o bebê!

Gurias, o inicio da gravidez é certamente um momento impar na vida de uma mulher que encontra-se as voltas com "n" sentimentos que vão desde a alegria , exitação ao medo e as dúvidas. E não é para menos,  em breve um série de transformações acontecerá com esta "dupla" , e levando em conta este momento inicial, é nele que a maior trasformações de todas acontecerá e, quando finalmente, de duas células simples (o óvulo e o espermatozóide)  vai surgir um novo ser.

Neste contexto, a preocupação com estes 3 primeiros meses é completamente compreensível, pois é neste período que se dá o desenvolvimento embrionário de seu bebezinho, e quando existe um risco de que algum agente externo possa provocar alguma má formação.  Além disso, tem também uma chance maior do aborto espontâneo acontecer, como já falamos em post anteriores (nao lembra? clique aqui!)

Vamos entender o que acontece com seu bebê nesses 3 primeiros meses ? 

Os três primeiros meses da gestação são marcados pela formação de praticamente todos os órgãos do bebê. Mesmo que ele ainda seja muito pequenino, seus orgãos já vão se formando dentro de sua barriga e ainda que a mulher não perceba nada, internamente, uma verdadeira revolução está em andamento em seu corpo.
O óvulo chega ao útero  e, imediatamente,  fixa-se na mucosa uterina ligando-se, dessa forma, aos vasos sanguíneos da mãe e dando origem à placenta. Fixa-se ao útero e começa a se multiplicar: forma-se o embrião. 
Algumas células do embrião vão formar o cordão umbilical e a membrana que protege o bebê. Outras dividem-se para dar origem ao novo ser. 
Ao se fixar no útero, o embrião ainda é menor que um grão de arroz. 
No segundo mês de gestação  já terá cérebro, espinha e um sistema nervoso central simples. 

O coração começa a pulsar na sexta semana, época em que se delineiam pernas e braços e as células ósseas iniciam seu desenvolvimento. Os ouvidos estão em formação e o rosto se esboça com nariz e boca. A língua também é incipiente. 

No início do terceiro mês, o bebê terá, aproximadamente, o tamanho de um morango. Nessa etapa o seu esqueleto vai se definir, mas o principal progresso é o neurológico. O organismo da criança produz cerca de 5 mil células neuronais por segundo, para consolidar a formação do sistema nervoso. 
Com músculos e articulações formados, já curva os dedos dos pés, fecha as mãos, abre e fecha os lábios, faz biquinho, xixi, suga o líquido à sua volta. 
Ele termina o primeiro trimestre com todos os seus principais órgãos internos formados (a maioria funcionando). Está mais protegido contra infecções e drogas e escapa do maior período de risco para malformações congênitas. Pesa em torno de 18 gramas e mede cerca de 6,5 centímetros de comprimento - o equivalente a uma pêra. 

Incrivel né gurias?  É o bebezinho crescendo e se formando quando ainda nem temos a nossa "barriga" pra mostrar. Sem dúvida a barriga já é resultado de "muito esforço" e muito crescimento interno deste serzinho que diariamente vai se fortalecendo. 
E você, tinha idéia de todo este processo que se inicia tão logo a gravidez seja confirmada?
Em seguida post sobre os cuidados que a mamãe deve ter neste período e as mudanças que ela percebe com ela mesma neste primeiro trimestre.

Foto retirada do cordvida.blogspot.com

terça-feira, 26 de abril de 2011

Isabella, a nova bebê de Kaká e Caroline

Gurias, voces viram as fotinhos divulgadas da Isabella, filhinha recém nascida de Kaká e sua esposa?
Primeiro que a fotos estao lindas. Que casal mais fofo. 


Fotos Revista Contigo
A guriazinha já de laçinho e aparentemente muito traqüila. Certamente será uma linda menininha! 
E a mamãe hein? 
Pouco antes de dar a luz, Caroline havia postado uma foto dela bem no final da gravidez super bonita . Que ela é linda, não é novidade para ninguém e, independente de você gostar dela, ou não, temos que reconhecer que ela é uma grávida pra ninguém botar defeito. 
Caroline esta sempre impecável com looks super elegantes e lindos e durante a gravidez ela seguiu mostrando o mesmo bom gosto de sempre!





Caroline teve Isabella, que nasceu com 3,170kg e 48cm por meio de parto normal.  “Ela é uma anjinha e estou a cada minuto mais apaixonada! Tenho só que agradecer a Deus por esse privilégio de ser mãe novamente! Com um parto normal e maravilhoso! Curti cada dor, cada minuto! Tudo valeu a pena”, escreveu a mulher de Kaká no twitter. 
Bom gurias eu, particularmente, acho que ela é um bom modelo de gravidinha pra se espelhar. Certamente ela concorda com a gente quando dizemos que nada de mulheres grávidas desleixadas e mal vestidas, não é?
Queremos roupas confortáveis, práticas mas, também queremos nos sentir belas né?!
E  você, o que achas dela?
Gosta da maneira como ela se vestiu enquanto estava grávida?
Tem alguma sugestão de outra grávida estilosa que queres ver aqui no Blog? 
Compartilhe conosco! 




As fotos foram retiradas da Revista Contigo, Caras e Isto é gente.

segunda-feira, 25 de abril de 2011

Calculadoras

Tá gurias, eu não sei se vocês acreditam, tampouco sei se eu acredito (rs) , mas quando vi essas "calculadoras" no Baby Center tive que postar aqui pra vocês. A Calculadora da ovulação já é nossa antiga conhecida (não lembra? Clique aqui ) mas agora eis que surge a calculadora do sexo do bebê, e a calculadora do ganho de peso na gravidez.
Tá meninas, são tudo estimativas e, é lógico, que não dá para levar ao pé da letra o resultado, mas que dá pra se divertir dá né?!
A calculadora do ganho de peso é uma estimativa baseada na sua altura e peso da mulher antes da gravidez. Mas não podemos esqueçer que são "n" os fatores envolvidos no ganho de peso de uma getante.
Já a calculadora do sexo do bebê foi feita baseada em pesquisas e com perguntas sobre a mamãe, sobre o pai, sobre alguns hábitos etc. (provavelmente leva em conta a questão do gene do espermatozóide Y ser mais rápido que o do X, que por sua vez,é mais resistente...)..
Bom, mas e você, acredita nessas "brincadeiras"?
De qualquer maneira, quem fizer as "contas" nestas calculadora conte pra gente depois se funcionou!

sexta-feira, 22 de abril de 2011

Gravidez depois dos 35

Gurias, conversando com umas amigas, surgiu a idéia de escrever mais especificadamente sobre essa faixa etária, pois são tantas gurias que deixam
para engravidar depois dos 35, que essa faixa (35-40) merece um post exclusivo.
Apesar de sabermos que a taxa de fertilidade da mulher vai diminuindo com o passar dos anos, e que aos 35 já temos bem menos chances de engravidar do que aos 20 , a gravidez em mulheres acima dos 35 anos é bem freqüente. Aliás, a gravidez nessa faixa etária têm aumentado ano a ano, e isso não é uma realidade apenas brasileira. Desde o final dos anos 70, houve um aumento significativo da taxa de bebês nascidos de mulheres de 35 a 50 anos de idade.

Tá,mas e quais são os riscos?

Bom, em primeiro lugar, um gravidez sadia vai depender muito da saúde da mãe e de seus hábitos antes e durante a gravidez, por isso que é muito importante a mulher começar a planejar a sua gravidez antes mesmo dela ser concebida (Já leste a gravidez de 12 meses? clique aqui!). Independente da idade a mulher tem que se cuidar SEMPRE.
Mas com a idade, surgem sim alguns complicadores que devem ser levados em conta. A partir dos 35 anos, começa a aumentar  progressivamente o risco para síndrome de Down e outrar alterações cromossômicas. Além disso após os 35 aumentam também as chances da mulher desenvolver diabetes e hipertensão.
Com relação à sindrome de Down, as chances começam a ser de uma para 300, a partir dos 35 anos e, infelizmente, não há como reverter o quadro.
Para uma gestante nesta idade, são super indicados dois exames que podem identificar alguma alteração genética,  sendo eles, a biópsia do vilo corial, na 13° semana, e a amniocentese ,na 15° semana, 
Ambos os procedimentos são evasivos, sendo que o médico pode recomendar um dos dois ou os dois. (Em breve um post sobre estes procedimentos)
As grávidas acima de 35 anos também estão mais sujeitas a um aborto espontâneo, de forma que depois de confirmada a gravidez, a mulher deve fazer um exame de ultra-som para verificar se o embrião está dentro do útero e se a gestação é única ou múltipla. Mulheres com mais de 35 anos também estão mais propensas a ter gestações múltiplas, anômalas ou fora do útero.
É claro que uma mulher de 35 anos, provavelmente é uma mulher que trabalha bastante, tem um certo nível de stress em seu cotidioano, e ela vai ter que aprender a ir baixando a velocidade para receber um bebê e cuidar da sua prórpia saúde.
De qualquer maneira os cuidados indicados à mulher que quer engravidar aos 35 são os mesmos que damos à uma mulher mais jovem: vida saudável, com hábitos legais, sem álcool, bebida, cafeína, e com a prática de exercícios físicos, entre outros.
 Então meninas, não desanimem! Basta se cuidar e ficar bem atenta para que sua gravidez seja bem saudável e repleta de alegrias e satisfações. Eu mesma, não consigo contar nos dedos das mões o número de amigas que tiveram filhotes saudáveis nesta idade!
E você, que idade têm? Está tentado engravidar?
Conte para a gente!




*foto retirado do cienciahoje.pt

quinta-feira, 21 de abril de 2011

Juliana Paes e Pedro

Oi Gurias!
Vocês viram que amor a Juliana Paes na capa da Revista Quem desta semana? Não?
Pois ela apresentou seu filhote Pedro enquanto filmava para a campanha de amamentação deste ano, que estreiará em Agosto deste ano.
Juliana está linda e visivelmente "in love" por Pedro. Tem coisa fofa? Ela contou ainda que adora amamentar o pequeno: "São os meus melhores momentos com Pedro. Quando ele acaba de mamar, suspira olhando para mim e sorri, eu me sinto a mulher mais poderosa do mundo", declarou.
 Ela afirma que pretende amamentar o filho até que complete 2 anos. E narra como se sentiu logo após o nascimento dele. "No primeiro e segundo meses, a gente chora muito. Chorei de alegria e de angústia (...) Minhas inseguranças todas eram anotadas no iPhone, que eu levava quando ia ao pediatra".
Confira o vídeo que saiu no site da quem abaixo:


 
Ah, e se você quer ler um texto sobre amamentação que escrevi para a minha coluna na Revista Macaé, clique aqui! Mais tarde falaremos sobre ela em um post!


Fotos e vídeo retirados da revistaquem.globo.com

quarta-feira, 20 de abril de 2011

Aborto Espontâneo

Bom gurias, as vezes as alegria de uma gravidez é interropida com uma perda gestacional o que faz com que a futura mamãe tenha que se re-arranjar e dar um destino diferente às suas emoções até se sentir segura, o suficiente, para tentar engravidar novamente.
Pareçem assuntos que não conbinam né? Gravidez e perda, mas infelizmente o aborto espontâneo é mais comum do que se imagina e a perda de um bebê antes das 24 semanas acontece entre cerca de 15 e 20% das gestações (muito né??)
Mais de 80% dos casos de aborto aconteçem até a 13° semana quando se reduzem significativamente as chances de que ele aconteça, no entanto podem acontecer perdas após este período.
Mas pra uma mulher que está em estado de êxtase com sua gravidez, como falar de aborto? Quais cuidados que a mulher tem que prestar atenção ao longo de sua gestação?

Bom, as chances de ter um aborto são maiores de acordo com:

* Idade
Mulheres mais velhas correm mais risco de ter bebês com anormalidades cromossômicas e, como consequência, abortamentos; ao passar de 40 anos, a probabilidade de um aborto espontâneo praticamente dobra em relação à faixa dos 20 anos.

*  
Histórico de dois ou mais abortamentos anteriores e de problemas congênitos ou genéticos em outros filhos ou na família

* Problemas no útero ou no colo do útero

* Presença de certas infecções
Há estudos que indicam um risco ligeiramente maior de aborto se você tem listeriose, caxumba, rubéola, citomegalovírus, gonorréia, HIV, entre outras

* Hábito de fumar, beber e consumir drogas 
Mulheres que fumam e bebem excessivamente e usam drogas durante a gestação podem ter risco maior de aborto espontâneo;

*Uso de certos medicamentos, incluindo antiinflamatórios não-esteróides

* Diabetes, doença renal ou problemas de tireóide (

Quando o aborto aconteçe no inicio da gravidez, é muito difícil saber exatamente os motivos, mas acredita-se que em metade do casos ocorridos no primeiro trimestre de gravidez deva-se a anormalidades cromossômicas que impediram o desenvolvimento normal do feto.
 Abortos espontâneos após 20 semanas podem ser consequência de uma infecção ou de alterações no útero ou na placenta, ou ainda devidos à chamada incompetência cervical (o colo do útero não é forte o suficiente para se manter fechado até a hora em que o bebê está pronto para nascer).
Dois exames usados para detectar anormalidades em bebês (a amniocentese e a biópsia do vilo corial) também podem causar abortos espontâneos. A amniocentese em até 1% das mulheres, e a biópsia, em até entre 1 e 2 %.

 

Como saber se eu estou sofrendo um aborto espontâneo?

Normalmente a mulher vai ter um sangramento que pode se assemelhar com o fluxo mestrual, podendo (ou não) ter coágulos e cólicas fortes. Se você tiver qualquer um desses sinal procure seu médico imediatamente para verificar se está tudo bem com seu bebê.
Apesar de não ser normal, é comum um certo sangramento de escape  no início da gravidez e que não vai resultar num aborto, por isso, se perceber algo de diferente, não hesite de buscar uma orientação.

Bom gurias, este é um assunto que nem devia dividir nossa atenção neste período né? Mas a verdade é que ele aconteçe e não podemos deixar de pensar no quão chateadas ficam as mulheres que têm que postergar um pouco seu sonho de ser mãe.
É um momento delicidado pro casal, que deve aproveitar este momento para se unir ainda mais até que uma nova gravidez aconteça e venha trazer a alegria  de uma nova gestação.

E você, já passou por isso? Conheçe alguém que perdeu um bebê?
Conte pra gente!

terça-feira, 19 de abril de 2011

12 semanas - Por quê esperar?

Basta você pegar o exame positivo pra uma série de sentimentos e emoções ganharem espaço em sua vida e junto com a imensa alegria de estar esperando um bebê algumas dúvidas e ansiedades aparecem.
Como vão ser essas 40 semanas? Está tudo bem com meu bebê? O que é essa cólica que sinto de vez enquando? É normal sangrar um pouquinho no início da gravidez? Como vou ser como mãe?
Essas são apenas algumas das perguntas que podemos listar rapidamente, embora, certamente muitas outras tenham ficado de fora.
Ai tu começas a fazer teus primeiros exames e dá uma vontade enorme de contar pra todo muundo,  até escutar que é mais "prudente" aguardar até a 12° semana para falar da gravidez. Por quê?
Bom, inicialmente por que depois da 12° semana diminui significativamente as chances da mulher ter um aborto espontâneo, que é a interrupção da gravidez. Algumas pessoas acham que é melhor não contar pra não ter que se expor caso venha a perder o nenê, enquanto outras acham que o melhor é ter alguém para compartilhar , mesmo que algo ruim aconteça!
E você, o que acha?
Contou antes, ou, esperou mais um pouco para contar?
Conte pra gente!

segunda-feira, 18 de abril de 2011

Mamãe fashion

Gurias, ao longo dos últimos anos, mudou muito a moda para as grávidas e se antes as mulheres tinham poucas opções de roupas para desfilar ao longo dos 9 meses hoje em dia a moda pareçe estar muito de bem com as gravidinhas.
Nada de macação largão que borra completamente as curvas das mulheres e camisetões enormes que deixa qualquer marido a beira de um ataque de nervos...(uiiiii)
Batas, vestidos, calças jeans com elastico, são apenas algumas das sugestões que as mulheres encontram, e parece que algumas lojas já se deram conta do quanto é importante moda bonita pra mulheres grávidas e estão ampliando suas araras com partes específicas para as futuras mamães.
Você vai encontrar roupas tanto em lojas populares como a Renner como na fast fashion Zara , que certamente vai ter as últimas tendências para a mamãe desfilar sua barriga com o maior orgulho.
A partir de hoje vou ficar de olho no look das grávidas e nas vitrines que encontro por ai, para sugestões pra vocês, pois mesmo que hoje seja bem mais fácil se vestir, ainda é dificil a mulher se sentir linda com o barrigão enorme...
Essas camisetinhas com frases, eu acho bem fofas, e têm desde essas das fotos, como as com declarações para os bebês, tipo: "I love my baby", "it´s a boy" ou "it´s a girl"... Vou fazer depois um post cheio de fotos com ídéias nos diferentes meses de gestação, aguardem!
E você, como se vestia? Têm sugestões de lojas, ou looks?
Conte pra gente!


* Essas fotos são da vitrine da loja Mammy Gestante em São Paulo.
No Rio você encontra várias roupas de grávidas na Mom´s gestante, mas aguardem, vou fazer uma seleção das lojas mais legais!

sexta-feira, 15 de abril de 2011

My Gym

Gurias, hoje vou dar uns salto nos meses da gravidez, e avançar alguns meses para falar pra vocês de um lugar muito legal que conheçi ontem em São Paulo.
Fiquei encantada com o lugar e com a proposta que eles têm para as crianças, e me vi no dever de compartilhar com vocês.
Tô falando do "My Gym" em Moema, gurias, é um lugar encantador, com um ambiente todo projetado para as crianças e com todos aqueles brinquedos (devidamente preparados para crianças) que enloqueçe até mesmo os pais. Lá tu vais encontrar aulinhas estruturadas com a finalidade de desenvolver a força e coordenação motora do seu filhinho, além de estimular as habilidades sociais, de trabalho em equipe, confiança e também a autoestima.
Os professores são encantados nas crianças e desenvolvem todas as atividades com muito carinho e atenção. Além disso o lugar é todo decorado para as crianças e muito seguro e limpinho (aspectos muito importantes). 
Este conceito de lugar e de atividades pode ser novo no Brasil, mas já enriquece a vida de milhares de crianças em 27 países, espalhados pelo mundo inteiro em aproximadamente 250 diferentes localidades. As vezes os pais ficam tão preocupados e pôr os filhos em aulas e mais aulas e esqueçem deste tipo de atividade lúdica e saudável para o crescimento de seus filhos.
As crianças brincam muito e se seu (a) filho (a), ainda é pequenino, as mães entram e fazem as atividades juntos. Não tem como não se apaixonar...
Vale dar uma conferida se você mora em São Paulo, e pra quem é das outras cidades do Brasil nos ajude, enviando para o Blog, se você conheçe algum lugar legal para crianças, como eu achei o My Gym.
Para maiores informações, clique aqui!




* As fotos foram retiradas do site da My Gym

quinta-feira, 14 de abril de 2011

Gravidez e Pilates

Gurias eu sempre adorei fazer exercícios e adoro a maioria dos esportes, tanto que fiquei muito feliz quando vim morar no Rio e pude voltar a andar de roller e bicicleta, coisas que eu já não fazia muito quando morava em Porto Alegre.

Mas falando sério, apesar de adorar me movimentar, nunca me acertei com aquele clima intenso das academias e muitas vezes “morri” nos primeiros meses dos pacotes tri ou semestrais que insistia fazer pra ver se animava de vez (quem nunca fez isso?).

Bom mas foi então que descobri o Pilates. Fui completamente despretensiosa e pra minha surpresa foi amor a primeira vista. Depois então que descobri os benefícios que o Pilates traz para nosso corpo e que além de fortalecer toda a nossa musculatura ele é uma ótima atividade física para as grávidas, me apaixonei de vez!

Pois é, como trabalha muito com a respiração , com a consciência corporal e no fortalecimento muscular, o Pilates é uma ótima opção para as futuras mamães, já que durante a gravidez a mulher tem o centro da gravidade de seu corpo alterado.

Com o avanço da gravidez e o crescimento da barriga, seu peso acaba sendo projetado para a frente aumentando a curvatura da coluna lombar, então o Pilates auxilia a mulher a manter uma postura mais adequada entre os tantos outros benefícios.

Mas gurias, nunca iniciem uma atividade sem uma avaliação médica, ainda mais se tratando de uma mulher grávida! A maioria dos médicos não recomendam que se inicie a prática justamente durante a gravidez e alertam para que a gente espere até o segundo semestre (quando diminui sensivelmente os riscos de um aborto espontâneo). Se você já praticava o Pilates, é possível que possa continuar fazendo mesmo neste primeiro trimestre, mas mesmo assim, procure seu médico e converse com o fisioterapeuta que lhe dá as aulas.

Em Macaé tive a melhor das minhas experiências com Pilates, com a Fisioterapeuta Lais Bastos ( (22) 81455125), foi ela que fez eu me apaixonar pela prática, além de ser uma professora extremamente cuidadosa e excelente profissional (quer saber mais sobre o Pilates? Clique aqui!).
Em Porto Alegre recomendo o estúdio da Francine que fica ali na Mostardeiro esquina com a Florência Ygartua (vou pegar o celular dela!), sempre quando dou uma escapada pra lá, faço minhas aulas com ela! Também gosto muito, a Francine também é uma profissional excelente.
Aqui no Rio, hoje faço na Estic Fisio (http://www.clinicaesteticfisio.com.br/) em Copacabana,   e estou amando! Super recomendo também.
E nada de grávidas ociosas hein. É bom colocar este esqueleto pra se mexer...os bebês agradecem! rsrs
Bom, e se você tem alguma sugestão de outros locais que você conhece e queira compartilhar com a gente, manda pra mim! Em breve falaremos de outras praticas durante a gravidez. 

Foto do blog Flexuspilates

quarta-feira, 13 de abril de 2011

Momento fofura

Momento meio fofura, meio gossip aqui do Blog, mas é que se tem uma guria que eu acho muito fofa  e que esta sempre com sua filha a tira colo andando pra lá e pra cá é a Alessandra Ambrosio.

No meio de tanta gente famosa que quase nunca estão com seus filhos, ou ainda daquelas que sempre quiseram ser mães, mas que não hesitam em deixar seus pequenos bebês (pequenos mesmo, digo de meses) e estão sempre viajando pra lá e pra cá sem seus pimpolhos,  a Alessandra vem pra mostrar que independente de onde, quando e como ser mãe é , efetivamente, participar!
As fotos registradas são sempre de muito carinho, e  dedicação. É claro que não muito diferente do que encontramos nas praças e ruas de nossas cidades, mas muitas vezes entre as chamadas “celebridades” isso não é tão comum.
 Aqui no Rio é só passear no calçadão para ver mães apaixonadas por seus bebês, em Porto é só da uma passada  ali no parcão, na parte das crianças para se deliciar com  as crianças brincando sob olhares atentos de suas mães.
Tem coisa melhor do que mães apaixonadas por seus bebês?
Mães que não pensam duas vezes antes de botar a mão na massa, e deixam um pouco de lado a “estética” para aproveitarem um bom momento de brincadeiras e carinho com seus filhos.
E você, o que acha?
Você já é mãe é quer compartilhar com a gente? Se quiser manda foto você também, assim quem sabe podemos deixar nossa galeria ainda mais bonita.




As fotos foram retiradas do site da caras e do babado. 

terça-feira, 12 de abril de 2011

Primeiros Sintomas de Gravidez

Bom gurias, vocês que já estão ansiosas para saber se estão grávidas e aguardando para fazer o exame, devem estar super atentas pra ver se já têm algum sintoma que pode indicar se a gravidez veio mesmo ou não.
Antes de tudo é importante dizer que nem todas as mulheres sentem esses sintomas, e cada uma de nós vai vivenciá-los de uma maneira própria, portanto não se assuste se você não estiver sentindo nenhum deles, ok?
Algumas futuras mamães não podem sentir o cheiro de qualquer coisinha que bate o maior enjôo, outras sonham com determinadas coisas, doces, comidas, etc...

Mesmo que esses sintomas iniciais não sejam uma "obrigatoriedade" vamos dar uma olhada nos sintomas mais comuns da gravidez?

* Fome e vontade de comer fora de hora;
* Seio mais inchado, com os bicos mais sensíveis e as veias aparentes;
* Cansaço e sono elevado;
* Vontade de fazer xixi à toda hora;
* Enjôos;
* Maior sensibilidade olfativa;
* Atraso menstrual

Gurias, alguns destes sintomas são muito parecidos com os próprios sintomas pré menstruais e alguns deles podem, inclusive, serem sugestionados pelo nosso "desejo" de ser mãe. Algumas mulheres que têm uma sintonia maior com seu corpo podem sentir uma sutil diferença nessas manifestações  e até mesmo sensações de que estão mesmo grávidas.

Se você está com a menstruação atrasada e aguardando para fazer seus exames, boa sorte e, caso esteja grávida, conte pra gente mais tarde se teve alguns desses sintomas e como foi!

segunda-feira, 11 de abril de 2011

Será que estou grávida?

Bom, você que está esperando para saber se está gravida, além de ficar aguardando os sintomas inicias de uma gravidez, provavelmente já se perguntou quando pode (ou deve) fazer o teste de gravidez.
Hoje em dia há duas maneiras de se fazer este exame: o teste de farmácia (que fazemos com nossa urina) e o exame de sangue em laboratório, e o momento para fazer o exame vai depender do tipo de teste que tu queres fazer.                          
Os dois testes são eficazes, e vão medir a  quantidade do hormônio gonadotropina coriônica humana (hCG), que só é produzido no corpo durante a gravidez, mas é preciso ter cuidado para não fazer o teste (de farmácia, principalmente) muito cedo, pois pode dar um "falso negativo".
Os testes de farmácia vão detectar a presença deste hCG na urina, e os mais sensíveis (mas não tão comuns) podem apontar a gravidez cerca de 12 dias depois da ovulação isto é, alguns dias antes de o atraso menstrual acontecer. Porém o mais seguro,é fazer o exame pelo menos a partir do primeiro dia de atraso.
 Se der positivo é praticamente certo que tu estejas grávida (e o mais recomendável é fazer o exame de sangue) pois como o exame identifica a presença do hCG é muito pouco provável (quase impossivel- me corrijam se estou errada) que este exame dê errado. Agora cuidado! Se der negativo é importante você repetir o exame depois de alguns dias  pois, se ele foi feito muito no início do atraso mesntrual, pode não ter ainda quantidade suficiente de hCG na urina para ser detectada.
Os níveis de hCG dobram a cada dois ou três dias, portanto, se a menstruação não aparecer, espere alguns dias e tente de novo.
O exame de sangue qunatitativo vai medir a exatamente a concentração do hCG no sangue, e a mulher com mais de 25 IU/l de hCG no sangue é considerada grávida. O exame de sangue é considerado mais seguro e preciso, porque independe de outros fatores como a concentração da urina, por exemplo, nos testes de farmácia.
Você pode fazer o exame de senague, receitado pelo seu (a) médico (a) , ou então ir direto num laboratório pois a maioria deles faz exames particulares.
E então gurias, é esperar o resultado e...curtir caso a gravidez seja confirmada!!!!
E vocês que já engravidaram, que teste fizeram?
Conte pra gente e compartilhe! Eu mesma conheço gente que fez o de farmácia muito cedo e depois de um "negativo" com apenas um traçinho a gravidez se confirmou dias depois trazendo os famosos dois traçinhos do teste de fármacia!!!


* Imagem retirada dos sites:canstockphoto.com.br e blogpop.com.br

sábado, 9 de abril de 2011

Ah, a espera

Gurias, vocês já se deram conta do quanto as mulheres têm que esperar nessa vida?
Sem falar no que vem antes e, me referindo à experiencia de ter um filho, primeiro esperamos encontrar o cara legal com quem queremos ter um filho e constituir nossas famílias. Então temos que esperar para a menstruação vir e esperar o tal período fértil para aumentar nossas chances de engravidar.
Aí esperamos mais um pouco pra se rolou ou se vamos ter que esperar mais alguns ciclos pela frente. Se rolou temos que esperar pra ver se está tudo certo; esperar para falar para todos que estamos grávidas , esperar pela 1° consulta, pela 1° eco. Esperar as 12 semanas (ufa! passou). Esperar para saber o sexo com 80% de certeza e esperar mais um pouco para saber, mesmo, o sexo do bebê. Esperar o crescimento do bebê e, junto com ele, o crescimento de nossas barrigas. Esperar para que tudo esteja ocorrendo da melhor maneira possivel, esperar para que os meses passem.
Esperamos o 1° chute, e todas as manifestações de que nosso bebezinho está bem dentro de nós. Aí temos que esperar pelo parto, mas é claro esperando os sinais que nosso corpo manda pra dizer que está pronto. Esperamos cair o "tampão" , aí esperamos (e torçemos)  para ter dilatação.
Aí  é só esperar... Esperar para ver a carinha daquele(a) que muitas vezes sonhamos (e esperamos) há muito mais do que os 9 meses da gestação.
Esperar, esperando...temos mais algo pra fazer?
Mas um dia essa espera acaba, e em nossos braços estarão o fruto do amor do casal, nossos filhos(as), que aí vão estreiar uma nova série de vivências, amores, expectativas e , é claro, uma nova lista de coisas que teremos que esperar....
Ahhhh, e ainda temos que ouvir dos homens, que nós mulheres não sabemos esperar...Pode isso?????

sexta-feira, 8 de abril de 2011

Grávida aos 54!

Gurias, vocês viram a gravidez da Solange Couto, a eterna "Dona Jura" aos 54 anos?
Eu já tinha incluído ela no post sobre as gravidas de 2011, e agora saiu uma entrevista com ela na Revista Contigo.
Bom, uma gravidez aos 54 anos não é nada comum, sem falar em todos os riscos que ela representa tanto para o bebê  como para a mamãe.
Solange comenta que acreditava estar na menopausa quando foi surpreendida com a noticia da gravidez e que bastou a noticia ser espalhada para que milhares de versões fossem criadas e cada uma delas com um julgamento sobre a gravidez nesta idade.
Muitos dizem que foi uma jogada de marketing, outros que ela fez tratamento para engravidar, e há quem repudie a notícia uma vez que, ela teria idade para ser "avó" desta criança; Como será para a criança ter uma mãe desta idade?
Na entrevista conta que a gravidez, já na reta final, tem transcorrido bem. No ínicio fez uma bateria de exames, tomou cuidado nos três primeiros meses e agora a gestação está dentro do esperado. Fez o exame de translucência nucal (que calcula o risco de doenças genéticas),pois tinha um sério risco de o bebê nascer com problema, mas depois, conta ter respirado aliviada ao ver que está tudo normal.
Mas e você, o que acha desta história?
Acha que é tranquilo uma mulher ir atrás de sua vontade de ser mãe, independente da sua idade?
Vale lembrar que antes dela engravidar, ela e o marido já haviam decidido adotar uma criança.
De qualquer maneira, só não podemos nos esqueçer que uma gravidez numa idade mais avançada, é sempre uma gravidez que têm que ser muito bem acompanhada, pois a idade representa SIM, um risco que têm que ser levado em conta.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...